terça-feira, 19 de junho de 2012

Feira Tom Jobim - Antiguidade e Comida Típica.

Quem passa pela Av. Bernardo Monteiro não imagina que aos sábados ela pode se tornar um belo lugar para uma Feira de Antiguidades e Comida Típica, também conhecida como Feirinha do Colégio Arnaldo. De um lado as barracas com peças raras, de tudo um pouco, artigos de decoração, louças, moedas e por aí vai. Do outro as barracas repletas de comidas típicas, também de tudo um pouco, italiana, árabe, chinesa e a mineira, é claro. Em meio aos ficus centenários colocam mesinhas e tem atendimento viu? Uma garçonete anota os pedidos que podem vir de qualquer barraca e deixam uma caixinha se isopor para manter gelada  a cervejinha. Acabou por aí? Que nada! Tem música ao vivo e de boa qualidade, os grupos se alternam a cada sábado e geralmente tocam de 13:00 às 17:00.
Lugar agradável para um bom papo e cerveja gelada no sábado à tarde?

Lugares para ir em BH
Feira Tom Jobim
Av. Bernardo Monteiro, s/n Funcionários

Tel.: (31)3277-4914
Sábados - 10h às 17h

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Peixe da Natália - Gostinho de saudade e quero mais.

Sabe esses dias em que queremos ir a um lugar somente para lembrar de alguém ou de algo? Como se este lugar nos conectasse a essa lembrança? Pois bem, neste domingo acordei com este desejo, que só aumentou, depois de um papo de mais de hora ao telefone. Bora pra Feirinha de Artesanato da Avenida Afonso Pena ficar mais próximo da boa lembrança e matar um bocado da saudade. A indicação era a barraca de Peixe da Natália, que fica bem no fim da feira, logo após a área de artigos de couro, esquina com Av. Carandaí. 

Chequei no lugar, que estava abarrotado, e fui logo garantindo um cantinho, a disputa é grande. Eles servem vários peixes, mas o carro chefe é a porção de cascudo, oferecida a R$ 12,00 ( 4 pedaços ), R$ 17,00 ( 6 pedaços) e R$ 25,00( 10 pedaços), lá eles não vendem bebidas, que são garantidas nas barracas ao lado, sempre tem alguém as oferecendo, latão de cerveja R$ 4,00. O peixe é frito em quatro panelões, para garantir que a gordura não esfrie, cada porção vai passando de panela em panela, até seu destino final, os clientes famintos.
Como estava sozinha fiquei com uma porção pequena, nem aguentei os quatro pedaços, que eram enormes, mas o peixe estava bem temperado e sequinho. 
Gostei da agitação do lugar e da simpatia da Natália e do Edson, o casal dono do estabelecimento. Pelo que percebi são muitos os clientes cativos, até o motorista do 2390, que fez questão de parar o ônibus e garantir seu pedido para o almoço. Quem quiser pode levar porções para fritar em casa, os preços do quilo variam entre R$ 20,00 e R$ 25,00.

Para quem gosta de um bom peixe e não se importa com agitação, fica a dica:

Lugares para ir em BH

Barraca de Peixe da Natália

Feira de Artesanato da Avenida Afonso Pena

Como Chegar

segunda-feira, 20 de junho de 2011

A Teoria da Argola - Pensamentos

Como a proposta deste blog é de quando em vez também visitar os pensamentos meus e alheios, segue a dica de uma bom blog para vocês: Eles Trucam...Elas retrucam
E como aperivito o segundo texto publicado por eles. Espero que gostem!!

  A Teoria da Argola

Numa conversa informal na mesa de um buteco, um amigo me perguntou se eu sabia ou conseguia distinguir quando uma mulher está propensa ao sexo. Dúvida cruel né? Ainda mais que vivemos numa sociedade onde a mulher não pode procurar na balada um parceiro sexual, parece até um crime. Mas, a culpa é da “mulier”, pois é um bicho complicado, sem manual de instruções, que também pensa que sexo no primeiro encontro não pode. Por isso, quando parece que vai rolar aquele clima gostoso e sexual a coisa esfria como numa noite na Antártica.
No Mini Aurélio a mulher é definida como ser humano do sexo feminino. Na internet há aproximadamente 8.080.000 resultados para a expressão “definição de mulher” e estes números multiplicam-se minuto a minuto, agora uma pergunta:
pra que isto tudo para definir uma espécie?  A melhor descrição foi essa: mulher (do latim mulier) é um ser humano adulto do sexo feminino. Na adolescência é denominada como moça ou rapariga, este último termo, de conotação pejorativa é usual no Brasil.
          Segundo a Bíblia, a mulher foi feita a partir de uma costela de Adão, o que sugere uma companheira ideal, ou seja, estará ao seu lado, assim como as costelas. Outra interpretação semelhante a primeira, lembra que a mulher é protetora da vida, dado que os ossos da costela protegerem o coração. Mas vai entregar o coração de um homem para uma delas, é capaz de virar uma iguaria típica do cangaço.
Com tantas definições assim, como saber qual mulher esta propícia ao sexo, se nem sabemos o que elas são ou nem as “mulieres” sabem o que passa na cabeça delas? Mandrake (HBO) tem uma teoria que compartilho e pode ajudar a mulherada e principalmente aos homens.
Numa tribo indígena as índias que usam brincos de argolas são as que estão férteis, propensas ao sexo. Em pleno século 21, seja nos grandes centros ou interior é a mesma coisa, a mulher moderna também usa argola e quanto maior a argola maior o apetite sexual dela. Essa é a minha teoria, a TEORIA DA ARGOLA, simples e prática.
  
Por Mr. XY

É truco ladrão!!


Que história é essa que mulher é complicada demais e por isso não aceita uma transa no primeiro encontro? Complicados são os homens que reclamam disso, mas, se uma mulher o oferece uma noite daquelas de cara, será em 99,5% dos casos tachada de fácil e menos respeitada por isso.
Vamos colocar os pingos nos lugares certos, os "homens da igreja", que estabeleceram que sexo só no casamento e para procriar, e nessa “verdade” nossa sociedade baseou-se desde então. Não dá para colocar a culpa simplesmente no fato de sermos mais complexas, e somos mesmo, mas neste caso a única culpa que temos é a de termos acreditado nessa ”verdade”, assim como o resto dos homens.
Mas fiquei mesmo foi curiosa para saber se os homens realmente nos acham cruéis e esteja aí à explicação para tanto medo em nos entregarem seus corações, será? Acho que isso tem a ver com o fato deles não saberem sentir dor, eles não sabem sofrer. Já viu um homem com um resfriado? Parece um paciente em estado terminal, um drama. Não sei por que assimilamos isso bem melhor que eles, e vamos combinar que amar muitas vezes implica sofrimento. Eles devem desistir em sua primeira experiência frustrante, que provavelmente aconteceu com uma professora do primário. Aí passam o resto da vida com receio de um novo sofrimento e ficam como os ratinhos de laboratório, morrendo de medo de comer o queijinho que é saboroso, mas que pode dar choque.
E as argolas? Bem, a Teoria da Argola deve mesmo ter um fundo de verdade, mas tenho uma dica: como algumas mulheres ainda associam sexo a um relacionamento estável e que provavelmente trará, em sua confirmação, uma argola para seu dedinho, muito cuidado. Para quem ainda está nessa e deseja muito ostentar o ouro em sua mãozinha nunca saia com argolas nas orelhas em um primeiro encontro e negue à tentação ao máximo. Mas para quem está se lixando para o tal adorno nas mãos, vá em frente e use as maiores argolas possíveis, e se os homens mesmo assim não entenderem, o que é bem provável que aconteça, explique pra ele que você não é menos respeitável por aceitar ou fazer um convite mais ousado de cara.
Oxalá a sociedade mude, evolua e sejamos homens e mulheres realmente livres para seguirmos nossos desejos legítimos, sem temores, sem medos, sem pecados. Livres!
Isso sim seria simples e prático.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Muito bom 15.000 visitas!!!

Caramba, 15.000 visitas!!!
Quando cheguei aos 10.000 já achei o máximo, agora comemoro com vocês os 15.000 acessos a este blog.
Para quem andou distante por uns 3 meses nada melhor, sinal de que a coisa funciona.

Valeu demais a todos os 31 seguidores e aos que me acham por aí.

E vamo que vamo...



Lugares para ir em Bh

Hard Rock Café - Que Vista

            Quanto tempo galerinha, ando de mal com meu blog, na verdade estou em uma fase bem caseira e revisitando os mesmos bares e lugares, o que não ajuda muito em novas postagens.
Mas vamos lá, dia desses fui conhecer o Hard Rock Café, casa conhecida mundialmente por sua referência ao rock 'n 'roll, a de BH fica no Alta Vila, aquela torre imensa e linda localizada em Nova Lima. Achei o lugar pequeno para show, porém muito bonito e com uma varanda espetacular, tudo bem que estava um frio tremendo, mas deu para curtir a vista de BH que estava como sempre maravilhosa.
Para esquentar a noite fui brindada com uma dose de tequila e depois saborei uma long neck da Heineken, não é a que mais gosto, mas era o que mais me apetecia no cardápio de bebidas que ainda conta com o chopp da mesma marca. Paguei R$ 20,00 de entrada e curti uma noite dos anos 90, bonzinho, por fim já estava de saco cheio de saber todas as músicas e a garotada presente se achando uns ETs..afff. Vale a pena conhecer o lugar diferenciado em BH, voltarei certamente para uma noite mais animada e contemporânea.


Rua Senador Milton Campos, 155, Nova Lima
Tel.: (31) 3011-9511